terça-feira, 15 de março de 2011

Um Sussurro do Vento

Em um belo amanhecer me coloco à beira da janela à pensar, deslumbrando o dia que chega como se fosse o ultimo e agradecendo a Deus como tudo entrou nos eixos. Hoje vivo o presente, vivo de mudanças e pessoas distantes que de tão próximas decidiram marchar ao próprio horizonte e aqui ao meu lado um doce sorriso que me acolhe nessas frias noites e como eu queria poder te olhar com outros olhos... olhos tão significativos como os seus.

Contudo um vento vindo de bem longe, bate em meu rosto, transportando-me a outra realidade, outro tempo, outra sensação. E já nem me importa em encontrar o porque ou entender tal sentimento, ouço o sussurro e posso sentir gotas de chuva vindas de um sonho bem vivido.

Volto ao presente com um estalar de felicidade e o velho sorriso ainda que timidamente aparece, olho ao redor novamente e vejo como a vida se tornou perfeita, mas como queria poder abraçar o passado e ao menos uma vez vencer o tempo.


"Quando a chuva passar, quando o tempo abrir
Abra a janela e veja: Eu sou o Sol
Eu sou céu e mar, eu sou seu e fim
E o meu amor é imensidão..."




 ♥

2 comentários:

Ana Paula Bargas disse...

Amei seu texto, parabéns um dia esse sorriso que você tanto deseja ver um dia, pode ter a certeza que vai estar na sua frente não importa o dia nem a hora ele estara de ante de você.

☼Patricia disse...

Belíssimas palavras.

Postar um comentário

Deposite sua idéia aqui! :)